sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Abacate Recheado


Com musica de Macka B -uma receita de Abacate Recheado

Recheio:
Polpa de 1/2 abacate
1/4 chávena (xicara) de pastinaca ou batata baroa (no Brasil)
1/4 chávena (xicara) de algas à escolha

Acompanhar com couve branca ou repolho cortada em juliana e uma mistura de folhas verdes (eu usei couve cortada muito fina) com funcho, temperadas com sal,azeite, e sumo/suco de limão - "cruzinhar", esmagando com as mãos a mistura e deixar repousar 30 minutos.

Decorar com cebolinho e para quem gostar temperar com molho picante feito com malagueta, azeite e um pouco de vinho do porto. Este molho eu faço com antecedencia normalmente e deixo ficar no frigorifico mais de um ano para "requintar " o sabor - fica um picante muito saboroso e não muito forte.


Sweet Wakame and Ginger Kale Salad




by JULIE KALIVRETENOS on APRIL 15, 2008
Sweet Wakame & Ginger Kale Salad
(RAW VEGAN*)
This is a delicious, simple salad that’s perfect to try if you’re just getting acclimated to sea vegetables. Wakame is soft and tender with a mild, sweet flavor. When I first served this to my family, it was gone in minutes after they once looked down at it cock-eyed because in no way does it resemble the artificially colored and processed seaweed salad you get at a typical sushi bar. Not only does this taste a hundred times better, it’s a hundred times better for you. Recipe follows..
This recipe will yield up to 4 side-salad servings, or one giant serving if you want to make it a big meal!
8 oz. or 1 bunch chopped curly kale, stems & veins removed
1/4 cup Eden instant wakame/or wild Atlantic alaria or wakame (such as Ironbound Island)
1/2 stalk Eden pickled daikon, quartered
1 6″ long piece English cucumber, quartered
1 Haas avocado
nama shoyu
flax seed oil
umeboshi plum vinegar (such as Eden brand)
2 inch piece freshly grated ginger
1 garlic clove, finely minced
1/2 jalepeno pepper, finely minced (optional)
Eden shake, or black & white sesame seeds
*SOME VARIETIES OF WAKAME OR ALARIA ARE NOT TRULY RAW.  READ PACKAGE FOR PROCESSING INFORMATION.
Put kale, garlic, ginger, and jalepeno into a large bowl and lightly but evenly sprinkle with nama shoyu. Toss well and let sit for at least one hour (refrigerate overnight for optimum tenderness). In a separate smaller bowl, soak the wakame for 10-20 minutes in 3 times the amount of water.
Drain and squeeze excess water from the wakame with your hands, one bunch at a time. Add to bowl of kale along with the cucumber and pickled daikon and gently toss. Then add about 2 tablespoons of Eden shake or sesame seeds, 2 tablespoons of flax seed oil sprinkled evenly, and a very light sprinkling of ume plum vinegar. Toss again, and check for flavor. Add additional flax oil, nama shoyu, or plum vinegar if needed. (Note: Be careful not to overdo the ume plum vinegar, it is very intensely tart and salty!)
Finally, cut the avocado in half to open and discard pit. Scoop out each side very carefully with a large spoon so that flesh comes out in one piece. Face down, thinly slice the avocado and arrange around a large platter as pictured above. Place the kale and wakame salad in the middle, ganish the avocado and platter with sesame seeds, and serve.
<3, JMK


Celery, Wakame and Green Onion Salad



This healing dish concentrates on the medicinal properties as its first priority instead of choosing random ingredients to make a dish. This dish is actually for my brother who lives in Taiwan. He’s been living there for almost twenty years and life there is a little bit stressful compared to living in the Philippines which is actually a breeze for most people. Take out foods, canned foods and instant noodles became his diet for so many years until he developed gout which is quite serious compared to other people I know plus fatigue, headache and other different symptoms that is quite challenging to take care of. For his condition, the simplest yet healthy foods is what he needs right now.

This salad is one of the dishes that he’s going to eat. This is an easy yet powerful dish to make with only three ingredients and a dressing. When you serve it with wild salmon which is high in essential fatty acids, then it becomes an anti-inflammatory meal.


Celery is widely used in making soups, stocks, stir-fries and in certain salads. There's a delicious celery salad with Medjool dates, walnuts and blue cheese. I'd like to use more celery not only as a background for certain dishes but as a main ingredient.

Celery is known for its high water content and is good in regulating blood pressure. Salt is linked to increasing blood pressure; it may seem ironic that celery has high organic sodium content that gives it a salty flavor. This organic sodium is actually important in keeping the lymph healthy and removing calcified build-ups in the joints. Organic sodium also helps hold calcium in the bone. When calcium comes out of the bone (from various reasons), crystals form in the joints, causing pain, inflammation and swelling. Refined and iodized tables salts also greatly contribute to this problem.

Wakame is of the highest sources of calcium among the sea vegetables. It aids in tissue repair and strengthening of bones. It also has a high iodine content which is doubled when eaten with fat (such as oil). When wakame is eaten with an acid such as vinegar, it helps in reducing the bad cholesterol from the body. The color of soaked wakame can sometimes range from dark moss green to dark bright green. You can also see some hints of blue and cyan.



The green onion helps speed up blood circulation and absorbs vitamin B1 which helps reduce stress and tiredness. They add bite and spicy undertones to the dish.

The dressing is very simple and can be tossed with Asian noodles. The miso provides some easily assimilated amino acids. You can adjust the flavor if you want more sourness, saltiness or sweetness on the dressing. This is an uncomplicated recipe but the celery needs to be sliced very thinly and choose the inner part of the vegetable as well. The amount for the ingredients can vary as we have different sizes of celery and green onions all over the world. I normally do 2 parts celery to 1 part soaked cut wakame and about ¼ part of the green onion.

Eat this dish about 4 times a week to reap the benefits for other arthritic and rheumatic conditions. Drinking fresh celery juice with some green apple and lemon alkalizes the body. It is also calming on the digestive system.

Celery, Wakame and Green Onion Salad

Makes 2 servings

Miso Dressing
  • 6 tbsp sesame oil
  • 2 tbsp shiro miso (or other unpasteurized miso)
  • 2 tbsp rice vinegar
  • 1 tbsp honey
Salad
  • ½ cup dried wakame or 1 cup soaked cut wakame
  • 4 stalks celery
  • 3 green onion
  • 2 tsp sesame seeds
To prepare the dressing, whisk all the ingredients in a bowl until combined. Transfer to a jar and set aside until ready to use.

To prepare the salad, soak the wakame in water for 5-10 minutes depending on the size or about 15 minutes if you’re using whole wakame. Next, thinly slice the celery on a bias to make 2 cups. Then remove the root ends of the green onion and cut into 1-1/2 inch pieces.

When the wakame has softened, drain through a strainer and gently squeeze out the liquid. If you’re using whole wakame, cut into smaller pieces. There may be tough ribs that need to be removed but I find that it doesn’t cause any inconvenience at all so I leave it as is.

To finish the salad, combine the sliced celery, cut wakame and green onion in a bowl. Toss with the dressing until lightly coated. Garnish with sesame seeds


Read more: http://www.sense-serendipity.com/2009/07/celery-wakame-and-green-onion-salad.html#ixzz0gbbTRHFW
Under Creative Commons License: Attribution

Algas para salvarem tudo e todos...


Sei que não são baratas mas rendem muito...as algas. 


São dos alimentos mais completos e nutritivos do planeta e além disso tem a capacidade de desintoxicar o organismo. Só precisamos de uma pequena quantidade e 10 gramas de algas marinhas secas podem render 100 gramas depois de deixar de molho.

Eu acredito que vão ser a base da alimentação do futuro. Servem perfeitamente para grávidas e crianças. Tem mais proteína que a carne, mais cálcio que qualquer alimento e muito mais, sendo praticamente tudo absorvido pelo organismo - em certos casos mais de 90%.





quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Sopa energética com algas



Receita: 1/2 molho de salsa orgânica, 1/4 xícara(chávena) de rejuvelac, 1 colher de sopa de limão, 1 colher de sopa de abacate. Bater tudo num mini processador, colocar num prato e desenhar com mamão picadinho (ou papaia), sementes de girassol germinadas, folhinhas de tomilho e alga dulse.











Adaptação do texto de uma  receita de INÊS BRACONNOT - HTTP://INESENSE.BLOGSPOT.COM/

Sushikrud




Delícia!!! Sushikrud nas paradas!!! Em vez de arroz cozido, a polpa do gergelim temperada e, em vez do shoyo puro, um molho de gergelim preto temperado com shoyo, alho, limão e gengibre.
Enrolar com alga nori sem ser tostada, à venda em lojas especializadas.

Adaptação do texto de uma  receita de INÊS BRACONNOT - http://inesense.blogspot.com/

kone para krudívoros!



 

...kone para krudívoros e o céu passou a ser o limite...no lugar do arroz cozido e com açúcar, aveia germinada e temperada. para o recheio: paté de amendoim, saladinha de cenoura, abobrinha (courgete) e couve temperada com sal, azeite e limão. para enfeitar: o tomatinho cereja e um molho de gergelim (sésamo) preto germinado para substituir o visual do shoyo puro. para ser perfeito, só falta alguém importar a alga nori desidratada ao sol, sem ser tostada.

Fonte da receita: Diário de uma Krud

Mix ...com algas



Mais algas para comer cru...

Saladinha para depois de uma praia perfeita:

sal, azeite e limão
6 tomatinhos cereja
1 xícara de agrião picado
1 colher de chá de alga dulse
1 colher de sopa de cebola picada
1/2 abobrinha cortada em palitos finos
1/2 xícara de maçã desidratada picada
La Yu(tempero japones de óleo de gergelim com chili).

Fonte da receita: Diário de uma Krud

Milho verde


Um dos meus alimentos favoritos, tanto que no Brasil me apelidavam de "Milho Verde" numa receita de INÊS BRACONNOT, como só ela sabe fazer....











Salada de milho verde


Ingredientes:
1 xícara de milho verde debulhado
1/4 de xícara de sumo de limão
1/2 colher de café de sal marinho
1/2 xícara de abacate picado em cubos
1/2 colher de café de curry em pó
4 castanhas do Pará hidratadas e picadas
1 dente de alho bem pequeno
1/4 de xícara de passas brancas
1/3 de xícara de amêndoas hidratadas por 12 horas e descascadas
1/4 de xícara de água de coco.


Modo de fazer:
Debulhar o milho numa lâmina de mandolim. Cortar o abacate em cubos e misturar sem amassar. Reservar.
Bater as amêndoas, a água de coco, o limão, o sal e o curry num miniprocessador. Misturar ao milho bem de leve para não desmanchar o abacate e fazer uma gorororoba. Colocar as castanhas picadas por cima, provar o sal e servir.


Fonte da receita: Diário de uma Krud
quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Tabela - Como Preparar Algas


Como preparar algas cruas ou cozidas...


MODO DE USAR AS ALGAS 
ALGA
RICA EM
CRUA
FERVIDA
FRITA
NO FORNO
GUISADA
Cálcio 
Iodo
Proteínas
Saladas, Gaspachos 

15 min molho
 
Sopas, batatas, verduras, arroz, cereais, saladas, molhos, ao vapor

10-20 min
arroz, sopas, cuscuz, verduras, frita com cebola como guarnição e recheio, tortilha de batatas
Empadas, tartes, saladas (quiches), pizzas, pão, galetes
Estufados
Vitaminas A e C Proteínas
Saladas, gaspachos e molhos

1 min molho
Escaldados, macarrão, cozedura breve, ao vapor

2 min
tortilha francesa, crepes salteados
gratinados
Ferro 
Potássio Vitamina C
Saladas 

30 min molho
arroz integral, ao vapor

30 min
Frita com cebola como guarnição e recheio. Frita com polme como calamares
Empadas, pizzas, tartes saladas (quiches)
Caldos Guisados
Fibras curativas Minerais
Cozedura longa: legumes e caldos prévio tostado 5 m. em seco ou a pressão 20 min ou ferver 1 hora
tortilha de batatas, frita como guarnição e recheio
tostada em seco previamente à cozedura
Caldos

KOMBU RAPIDA

(Kombu Real)
Mucílagens Minerais
 
arroz integral caldos e legumes 

35 min.
Rolinhos de primavera, frita
empadas, tartes, saladas
Caldos
Proteínas Vitaminas
A 
e
B 12
Saladas

20 min molho
arroz, sopas, cuscuz, verduras

tostar 3 min em seco ou ferver 20 min
tortilha, croquetes, hambúrguer
tostada em seco (para esfarelar / polvilhar sobre saladas e cozidos). Gratinados, batatas, peixe, recheios.
Caldos
Fibra saciante, suavizante do intestino
Polvilhar sobre saladas
gelatina e espessante. Flans, marme-ladas, cremes, molhos, substituto do ovo 

8 min
tartes doces e saladas, pasteis de verduras, substituto do ovo

Fonte: Algamar

TOMATES RECHEADOS COM ALGAS WAKAME E DULSE



Ingredientes para 4 pessoas

4 tomates para salada grandes (escolha-os rijos mas maduros)
10 g de Alga Dulse cortada aos bocadinhos
10 g de Alga Wakame cortada em tiras
4 colheres de sopa de milho em grão
100 g de azeitonas pretas
1 alface grande (cortada em juliana muito fina)
4 cogumelos crus (em laminas muito finas)
1 maçã goldem (em laminas  muito finas)
azeite
sal com ervas
condimento de algas (alga instant)
orégãos em folhas

Preparação

Em primeiro lugar pomos a Alga Wakame de remolho durante 10 minutos.
Entretanto lavar bem os tomates com água corrente fria.
Cortam-se ao meio e recheamos com a Alga Wakame (já escorrida do remolho), com a Alga Dulse sem remolhar e com o resto dos ingredientes mencionados. Compor com o azeite, o sal de ervas e a alga instant. Finalmente polvilhar com as folhas de orégãos, reservar no frigorífico e servir fresco. Para os amantes dos molhos, podem acompanhar estes tomates com maionese, maionese de alho, pesto ou molho de amêndoas. As algas combinam bem com todos eles.
Nota:
Esta forma singela e vistosa de preparar os tomates, é ideal para re hidratarmos nos dias quentes de verão. Ao voltar da praia, abrir o frigorífico e encontrarmos uma bandeja já preparada pela manhã., é um refrescante prazer 


Fonte: Algamar

SALADA DE ABACATE COM ALGA ESPARGUETE DO MAR



Ingredientes

10 g de alga Esparguete do Mar
4 abacates
2 cenouras
um punhado de passas de Corinto
azeite
limão
alfavaca / segurelha


Preparação

Pôr o Esparguete do Mar de molho durante 20 minutos.
Descascar os abacates e cortá-los em lâminas e reservá-los com sumo de limão para não oxidarem.
Limpar e descascar as cenouras e cortá-las em juliana.
Uma vez passados os 20 min de remolho do Esparguete do Mar, começamos a fazer a salada.

Pomos num recipiente primeiro os abacates com o limão, seguidos do Esparguete do Mar e as cenouras, terminando com passas de Corinto e regar generosamente com azeite e polvilhar com a alfavaca / segurelha

Fonte: Algamar
quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Caviar de Amaranto



Caviar de Amaranto
Ingredientes
1 batata yacon (cortado em rodelas)
1 tomate (cortado em rodelas)
20 g de patê de sua preferência
¼ xícara de amaranto (deixar de molho por 4 hs)

Modo de preparo do Amaranto
Colocar o amaranto de molho por 4 horas, depois escorrer e deixar por mais 4 horas germinando. Temperar com salsa, azeite e sal à gosto.
Patê de Girassol e Nori
1 xícara de girassol (germinado de 8 a 12 hs)
1 xícara de amêndoas (germinado de 8 a 12 hs)
1 colher de chá de limão (colocando aos poucos e experimentando)
3 folhas de nori
2 dentes de alho (colocando aos poucos e experimentando)
¼ xícara de shoyu (colocando aos poucos e experimentando)
¼ xícara de água mineral
2 colheres de sopa de azeite

Modo de preparo 
Colocar o girassol e a amêndoa no vitamix, adicionar a água e azeite. Bater bem até ficar homogêneo. Adicionar o nori e aos poucos o alho, limão e o shoyu.

Montagem
Começar com um pouquinho do patê no centro do prato e cobrir com um tomate. Depois colocar a batata yacon e repetir as camadas por mais duas vezes. Finalizar com duas colheres de sopa do caviar de amaranto.

Decoração do prato
Fazer um molho pesto com um pouquinho de nozes picadas, alho, manjericão e decorar em volta do prato.



Fonte: GNT

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Farofas de sementes germinadas e outras




Temos o hábito de pensar sempre em farinha de mandioca quando falamos de farofa. Você sabia que a gente pode preparar muitas outras "farinhas" vivas deliciosas?
Experimente triturar a semente de grão de bico germinada e desidratar um pouco no sol. Depois tempere e veja que delícia! A cevadinha e o feijão azuki no mesmo processo ficam ótimos!
Os legumes triturados e levemente torcidos no voal, geram ótimas farofas também. Experimente com abóbora, cenoura, e batata doce! Nesse caso a semente pode entrar triturada ou inteira. O gergelim germinado fica delicioso, uma ótima surpresa!
Publicado por: Terrapia em: 12-02-2010 às: 11:19


Farofa de falso dendê!
Sua farofa pode parecer com as baianas se colocar curcuma! Veja a foto!
Bom apetite!
Publicado por:Terrapia em: 12-02-2010 às: 11:08

Torta de batata com brócolis




Faça uma massa como o pão dos essênios, abra com o rolo de pastel e dobre as beiradas em formato de uma base de torta. Desidrate no sol. 
Dica: acrescente algumas nozes, castanha da amazônia, amendoim ou girassol sem casca na massa e tempere com "kummel". A massa fica mais flexível e saborosa!
Depois preencha com o seguinte recheio:
1 batata média cortada em palitos bem finos. Amorne com as mãos com um pouco de missô e gotas de limão. 
1 xícara de brócolis picado e amornado com as mãos (como a batata).
1 xícara de alho porró picado
Misture e regue com azeite extravirgem.
Recheie a torta e por cima coloque 1 tomate , salsa e cebolinha picadas para dar cor a preparação.
Pronto ! Acompanhe com uma salada de brotos e terá uma farta refeição!
Bom apetite!
Publicado por: Terrapia em: 12-02-2010 às: 11:31

.

NutriViva on Facebook

Recomendado

Noticias - Alimentação Viva



Groups Google

Para receber o conteudo do blog no seu email subscreva aqui


Adicione ao Technorati

Blogs Criados

Alimentação Sustentável

livin' raw...

ciencia nova

Cozinha Vibrante


Contacto

Contacto:

Donativos Bemvindos!!!

Donativos Bemvindos!!!

Seguidores